É um carboidrato complexo, normalmente se apresentando comercialmente na forma de pó branco, composto por uma mistura de dextrina e maltose, obtida por hidrólise parcial enzimática do amido de milho. Pode ser definida como um polímero de dextrose e glicose. Estas moléculas poliméricas são metabolizadas de forma lenta e constante no organismo humano.

 

Sendo que os carboidratos são as principais fontes de energia do nosso organismo (e as de recrutamento mais rápido), glicogênio muscular hepático, correspondendo à maior parte das calorias ingeridas pelo ser humano, numa dieta saudável, o carboidrato deve estar presente em torno de 60%, para que as proteínas não tenham que desviar-se de suas funções específicas, como construção dos tecidos musculares, para obtenção de energia, daí advém o crescente consumo e indicação da maltodextrina para praticantes de atividades físicas de resistência como a musculação e a corrida, fornecendo energia durante estas atividades físicas, intensas e de longa duração, retardando a fadiga, através da gradual liberação de glicose para o sangue.

 

Esse carboidrato assim sendo fica responsável pelo aumento do nível energético muscular, dando mais força, evitando o catabolismo muscular (perda de músculos) e também ajuda a evitar a fadiga. Uma colher de sopa (aproximadamente 10 gramas) de maltodextrina corresponde a 40 Kcal.
Tão popular como suplemento esportivo, consiste na soma da MALTOSE + DEXTRINA, isto é, um amido parcialmente degrado. Portanto:

 

É um composto de açúcares, obtido da hidrólise enzimática com o amido de milho, totalmente solúvel em água. Devido à rápida absorção pelo organismo, evita a falta de glicogênio em atividades aeróbicas intensas. Seu uso antes dos treinos fornece um grande aumento nos estoques de energia do corpo, adiando assim o início da fadiga muscular. Por outro lado, seu uso após os treinamentos produz resultados incríveis na reposição de energia aos músculos. Pesquisas indicam que a MALTODEXTRINA deve ser, preferencialmente, consumida 30 minutos antes da atividade física, durante a atividade física e logo após a atividade física. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar nutricionista e/ou médico.

 

Sugestão de uso:

Há uma dependência do peso corporal e nível de atividades físicas. Mas em geral deve-se tomar de 1 a 2 vezes por dia preferencialmente: tomam-se até 4 colheres de sopa de maltodextrina, antes do treino. Tomam-se igualmente até 4 colheres de sopa de maltodextrina, depois do treino. É ingerida com 1 copo (250ml) da bebida de sua preferência (água mineral, leite, iogurte, suco de fruta, etc) num copo, agitado numa coqueteleira ou batido em liquidificador.
É recomendado seu consumo acompanhado de um suplemento protéico, como a proteína do soro do leite, por exemplo.

 

Referências Bibliográficas:
Elisabet Børsheim, Melanie G. Cree, Kevin D. Tipton, Tabatha A. Elliott, Asle Aarsland, and Robert R. Wolfe; Effect of carbohydrate intake on net muscle protein synthesis during recovery from resistance exercise; J Appl Physiol 96: 674-678, 2004. First published October 31, 2003; doi:10.1152/japplphysiol.00333.2003.
R. Koopman, M. Beelen, T. Stellingwerff, B. Pennings, W. H. M. Saris, A. K. Kies, H. Kuipers, and L. J. C. van Loon; Coingestion of carbohydrate with protein does not further augment postexercise muscle protein synthesis; Am J Physiol Endocrinol Metab, September 1, 2007; 293(3): E833 - E842.
M. Beelen, M. Tieland, A. P. Gijsen, H. Vandereyt, A. K. Kies, H. Kuipers, W. H. M. Saris, R. Koopman, and L. J. C. van Loon; Coingestion of Carbohydrate and Protein Hydrolysate Stimulates Muscle Protein Synthesis during Exercise in Young Men, with No Further Increase during Subsequent Overnight Recovery; J. Nutr., November 1, 2008; 138(11): 2198 - 2204
P. J. Morrison, D. Hara, Z. Ding, and J. L. Ivy; Adding protein to a carbohydrate supplement provided after endurance exercise enhances 4E-BP1 and RPS6 signaling in skeletal muscle; J Appl Physiol, April 1, 2008; 104(4): 1029 - 1036.
Web Site: http://pt.wikipedia.org/wiki/Maltodextrina

 

Observação: Esta página foi desenvolvida por especialistas da Saúdejá e está protegida pelas leis de Direitos Autorais. Sua reprodução é proibida. O texto acima tem caráter informativo e não tem a intenção de substituir uma orientação médica ou de um profissional de saúde.