A creatina é um composto formado por aminoácidos que está presente em nossas fibras musculares. Ao ingerir a creatina, ela vai para o sistema digestivo e é absorvida por lá. Por meio da corrente sanguínea ela é conduzida até os músculos. Nos músculos, a creatina é usada pelas mitocôndrias celulares.  As mitocôndrias agem com a creatina, esta ação gera energia. Com isso, a quantidade de fibras musculares aumenta e passa a reter mais águas, o que resulta em um aumento do tamanho muscular. A creatina hidrata as células dos músculos fazendo com que haja o aumento de tamanho. Quando o músculo recebe água, ele consegue “ser construído” com maior facilidade, pois a água ajuda no transporte de outros nutrientes.

Qual quantidade de creatina devo tomar para hipertrofia?

Existem várias dicas da melhor maneira para tomar a creatina. Nós sempre reforçamos que o melhor é seguir a indicação do fabricante, mas vamos passar aqui uma referência para você.  A média de quantidade de creatina por dia é de 5 gramas, mas pode chegar até 10 gramas de acordo com a orientação médica.

Água e a Creatina

A água aumenta o efeito da creatina, por tanto não se esqueça de bebê-la bastante. Aliás, a água é recomendada para qualquer pessoa, pois faz o organismo funcionar melhor. É importante lembrar que 70% dos músculos são formados por água, então se você quer hipertrofia, beba água.

Qual o melhor horário para tomar a creatina?                                                    

Pesquisas da Queens Medical Center, em Nottingham na Inglaterra, provaram que associar o uso de creatina à ingestão de um carboidrato melhora a absorção e ação da creatina no organismo. Por isso, indicamos que você tome sua creatina misturada um carboidrato (Dextrose ou Maltodextrina) no seu pós-treino.

É importante lembrar que a creatina só resultará em hipertrofia se associada a um treino físico com a mesma finalidade. Então converse com seu instrutor, inicie o uso de creatina e invista pesado em você.